Revender cosméticos: dicas e como começar?

0 Comentários

Beleza Simples

Revender cosméticos: dicas e como começar?

O mercado de cosméticos ganhou nos últimos anos um enorme espaço e revender cosméticos tem sido uma alternativa muito lucrativa para diversas pessoas.

Você pensa que o público consumidor se limita ao feminino (que já é enorme)? Não! Nos últimos anos, linhas masculinas vem surgindo e uma nova rotina de cuidados vem se desenhando para os homens também, fazendo-os cada vez mais interessados nesse mundo.

Com tanto crescimento e novidades, muitas pessoas fazem uso dessa paixão para se jogar em um novo caminho: revender cosméticos para ganhar uma grana extra! Você se identifica com esse mercado e quer algumas dicas sobre como começar? É só conferir esse post completo!

revender cosméticos para o publico masculino pode ser uma boa opção

Como começar a revender cosméticos

Por mais que o mercado de cosméticos esteja sempre em alta, não basta apenas sair comprando produtos e anunciando por aí. O ideal antes de adentrar qualquer mercado, principalmente como empresa, é fazer um planejamento e estudar. Estude gestão de empresa/tempo/pessoas, estude o mercado, estude a região onde pretende atuar.

Dica: se você pretende começar um negócio nessa área, de forma legalizada, o site do Sebrae (esse aqui) pode te ajudar MUITO! Lá você encontra dicas, eventos, cursos, informativos e muito material (inclusive gratuito).

Defina o seu público

Tomada a decisão de mercado, região e negócio, o primeiro passo será saber para quem você quer vender. Você quer uma cartela de clientes formada pelo grupo da escola? Suas amigas? Salões de Beleza? Lojas? É muito importante você saber para quem quer vender e como irá fazê-lo. Uma boa dica é criar uma "persona" do seu cliente (nesse link você consegue aprender como fazer).

Assim, criando uma persona, ficará mais fácil ter maior controle sobre o que e como irá "conversar" com esse público e pode concentrar todas as suas estratégias de forma mais assertiva.

Pesquise bons fornecedores

Dificilmente você conseguirá descobrir quais são os melhores fornecedores para revender cosméticos perguntando a quem já vende o produto que você deseja (concorrência, né?!). Então o que fazer?

  • Em primeiro lugar, entre em contato diretamente com a fábrica. Eles vão poder te orientar como é o procedimento de revenda da marca.
  • Procure distribuidores oficiais. Caso o contato com os fabricantes seja difícil ou você veja que não conseguirá arcar com o frete do pedido, por exemplo, tente descobrir quem são os distribuidores oficiais. Às vezes pode ter um bem próximo a você!
  • Ainda há a opção de comprar com representantes comerciais. Às vezes a marca desejada não trabalha com distribuição e essa pode ser a única forma.
  • Em "atacadões". Algumas marcas disponibilizam seus produtos em preços menores para compras em atacado realizadas por CNPJ. Pesquise na internet esse tipo de comércio e pesquise bem os preços!
  • Internet: está difícil comprar os produtos ou tê-los de forma fácil? Pesquise quem revende pela internet. Nem sempre você conseguirá preços muito diferenciados, mas, negociando em quantidade, pode achar algo legal.

 

dicas para revender cosméticos de beleza

Cuidados ao escolher os fornecedores

Independente do canal que você escolher para adquirir o produto de trabalho, é importante:

  • conhecer quais são as maneiras de suporte que você terá à disposição;
  • verificar a disponibilidade de material de apoio (como panfletos, cartões, banners, amostras, etc);
  • solicitar um treinamento sobre os produtos (ou pelo menos uma boa apresentação que aponte os diferenciais dos produtos.

 

Além disso, é importante pesquisar bem antes de se comprometer com algum fornecedor específico. Para isso, considere:

  • A reputação da empresa no mercado (você encontra facilmente informações em grupos, sites e mídias sociais);
  • Opinião dos clientes (e se há fidelização deles);
  • Prazos e facilidades de entrega e de pagamento;
  • Concorrência direta: onde você pode correr para adquirir produtos de forma rápida. Em casos específicos, um fornecedor pode não te atender ou não possuir o produto que você precisa, então é bom sempre ter mais de uma opção na hora do aperto.

 

Defina seu catálogo

Definido o público, o próximo passo é pensar se:

  • você vai revender apenas uma marca?
  • trabalhará com várias marcas?
  • oferecerá linhas completas?
  • incluirá algum benefício ou serviço?
  • trabalhará com algum nicho específico? Só cabelos? Maquiagem? Pele?

Enfim... Geralmente o setor comercial das marcas possui um relatório dos produtos mais vendidos. Não tenha medo de solicitar e veja se eles são compatíveis com o que seu público deseja.

 

revender cosméticos: gráfico com vendas da indústria

Canais de vendas para revender cosméticos

Você deve escolher como/onde irá revender seus produtos. O leque de possibilidades é enorme: inclui visitas a clientes, visitas a salões, campanhas na internet, telefone, alugar um cantinho em um shopping e muitos outros. Um canal não anula o outro, a escolha deverá ser pautada por diversos pontos: onde o seu cliente está (e compra), se você tem "braço" para atender e trabalhar esses pontos, custos, etc.

Sua identidade importa!

Uma vez decidido os canais de atuação, é legal pensar no que você quer mostrar com sua "marca". Então, é hora de providenciar a sua identidade visual! Ela é a primeira impressão ao se apresentar a um possível cliente, logo, não economize e contrate um profissional para criar toda essa parte. O designer é o responsável por este tipo de trabalho e com certeza vai criar um logotipo e uma imagem que faça seus clientes te identificarem de imediato.

Como material próprio, você pode providenciar cartões, panfletos, posts para redes sociais como Facebook e Instagram, todos na mesma linha de identidade. Fica bonito, sutil e mais fácil dos seus clientes chegarem até você. Você também pode escolher estar em um marketplace (site de vendas como o Mercado Livre) e/ou criar um site próprio de vendas.

Conheça os seus produtos

Lembra quando comentamos que é legal pedir um treinamento ou apresentação mais completa ao fornecedor? É muito bom que você entenda como seu produto funciona.

Para produtos capilares, por exemplo, como ele atende outros tipos de cabelos? Serve para todo mundo? Como age? Tem outros usos, sendo versátil? É compatível com químicas? Enfim... Conheça muito bem o seu produto para que não apenas venda, mas também auxilie seus clientes ante a problemas possíveis.

que tal ganhar dinheiro com a revenda de cosmeticos?

Precificação

Uma das partes mais importantes de revender cosméticos: fazer o cálculo correto do valor final do seu produto para que você não tenha prejuízos. Sim, você tem que chegar num valor que dê para dar desconto (em ações pontuais, por exemplo), sem perder a sua margem de lucro. A equação dá um pouco de trabalho, mas é essencial para que você não se perca e, o que era para ser uma salvação, se torne um pesadelo. No site do Sebrae (lembra que falamos dele?) tem muito material sobre isso, como esse aqui.

Crie Promoções Sazonais

Sazonal é tudo aquilo que varia conforme a época. Isto é: ações de estações, de datas comemorativas, etc. Suas promoções são valiosas e darão o tom de como seu público poderá aproveitar cada data afim de economizar e obter o melhor do seu produto. Dia das mães? Dos pais? Vale presente para dia dos namorados? Natal? Alguma data regional? Não importa: o bacana é aproveitar as datas para vender cada vez mais.

Isso é só o começo...

Parece muita coisa, mas as chances de sucesso, principalmente se você decidiu investir numa nova carreira ou nicho, aumentam quando você conhece mais sobre o mercado que vai atuar e sobre gestão. Por isso respira, tenha calma, estude, e vá, passo a passo, construindo o seu negócio. E se precisar de alguma dica extra, deixe aqui nos comentários!


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados