Limpeza de pele caseira: como fazer

0 Comentários

Beleza Simples

Limpeza de pele caseira: como fazer

Limpeza de pele é essencial! E quando queremos um tratamento profundo, mas estamos sem tempo de ir a um esteticista? Calma! Dá para fazer em casa mesmo, seguindo alguns passos bem simples. Hoje daremos um roteiro bem explicadinho de como conseguir resultados incríveis aí, no conforto do seu lar! Confira:

limpeza de pele - lavando o rosto

Passo 1: Limpar!

Para começar o tratamento da sua pele, é importante deixá-la livre de impurezas! Para isso, use seu sabonete facial favorito aplicando em movimentos circulares, emulsionando até que se forme bastante espuma! Repita a operação até sentir a sua pele totalmente limpa, até um pouco "repuxando", sabe? Depois, é só enxugar e partir para o próximo passo!

vaporização da pele

Passo 2: Vaporização!

Hora de potencializar o ritual e abrir seus poros. Para isso, você tem duas opções:

  1. Toalha quente: molhe uma toalha de rosto em água quente (mas em temperatura suportável) e aplique sobre o rosto. Após 2 minutos e meio, molhe novamente a toalha para preservar o calor e deixe por mais 3 minutos em pausa.
  2. Vapor: ferva uma panela de água até que as bolhas estejam bem grandes. Depois, posicione o rosto sobre a panela (nem longe, nem perto para não haver riscos) e fique assim por 4 minutos, até sentir o rosto bem quentinho e começando a transpirar.

tirando cravos

Passo 3: Removendo os Cravos!

A remoção dos cravos, ao contrário do que imaginamos, não deve ser violenta e nem causar lesões na pele. Por isso, o ideal é envolver os dedos com uma gaze ou algodão umedecido (na água morna mesmo) e ir pressionando a pele para que os cravos, após a vaporização, se soltem com muito mais facilidade. Não utilize as unhas! Importante ressaltar que vale o uso de uma máscara removedora de cravos nesse passo. Utilize a sua!

como remover os cravos

Passo 4: Esfoliação!

Agora é hora de usar aquele seu esfoliante tão querido para remover o que sobrou de impurezas e também as células mortas. A propósito, é por isso que é importante remover os cravos com delicadeza, já que a esfoliação vai causar ainda mais atrito na pele durante esse passo. Aplique o esfoliante por todo o rosto, em movimentos circulares, mas priorizando a zona "T" (testa, queixo e nariz). Aplique com muita delicadeza, deixe a ação por conta dos movimentos.

Você também pode promover a esfoliação utilizando buchinhas especializadas, buchas vegetais e, claro, nossa querida argila.

Se preferir, dá pra fazer seu esfoliante caseiro! A misturinha mais indicada para dias de limpeza profunda é a de mel com pó de café. Essa mistura nutre e energiza a pele, deixando-a radiante e bem lisinha!

Passo 5: Máscara!

Se você usou um esfoliante comum (e não a argila), é bom aplicar uma máscara hidratante ou nutritiva para repor água e a oleosidade "boa" da pele. Escolha seu tipo de máscara favorito: de papel, máscara secante ou máscara cremosa. O importante é fazer a reposição necessária e acalmar a pele após a esfoliação, por isso, utilize máscaras à base de extratos vegetais, água termal, minerais essenciais e óleos essenciais.

Passo 6: Tratar!

Depois da remoção da sua máscara, é hora do tratamento básico: tonificar (e remover o que sobrou de resíduos do passo anterior) e hidratar. Aqui, vale usar os seus ingredientes favoritos e um hidratante específico para o seu tipo de pele. Entre o tônico e o hidratante, o ideal é dar uma pausa de uns 5 minutinhos para que haja a absorção de todos os ativos.

Passo 7: Proteger!

Pronto! Você já limpou profundamente e hidratou sua pele. Agora, é a cereja do bolo: protetor solar! Sim, ele é necessário. Quer faça sol ou chuva, tem que aplicar (e reaplicar a cada 3 horas). Então, finalize com seu protetor e pronto!

Não esqueça de fazer esse ritual uma vez na semana e quando você não for utilizar maquiagem imediatamente, para deixar com que a pele "respire" e absorva cada etapa do tratamento com calma.

E então, vamos limpar a pele?


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados