A babosa é boa para o cabelo?

0 Comentários

Fernando Mariano

A babosa é boa para o cabelo?

A babosa é boa para o cabelo? A babosa é uma planta muito querida por todo mundo que é fã de usar ingredientes naturais na rotina de beleza. E não é pra menos: essa suculenta popular carrega em si diversos benefícios para a saúde da pele, dos cabelos, das unhas e até mesmo nos primeiros socorros em casos de queimaduras leves e insolação.

Uma das utilidades mais recentes e que as mulheres estão curiosíssimas para saber é: será que a babosa é boa mesmo no controle da queda de cabelos? Vamos falar disso e muito mais sobre essa planta tão versátil, pois você precisa saber como funciona a babosa!


Afinal, a Babosa serve para quê?

A Babosa, ou a Aloe Vera (seu nome “oficial”) é uma espécie de suculenta cuja característica principal é a de acumular em si uma ótima quantidade de água (cerca de 95% dela é água). Por isso, o gel da babosa é tão hidratante e conta com uma absorção rápida e eficiente. Dentre os usos e benefícios da babosa, podemos citar:


  • Hidratação da pele;
  • Hidratação dos cabelos;
  • Fortalecimento e hidratação de cutículas e unhas;
  • Calmante para peles queimadas e/ou lesionadas;
  • Equilíbrio da oleosidade;
  • Efeito antioxidante;
  • Regeneração celular;
  • Limpeza e purificação da pele.

Diante de tanta coisa boa que essa plantinha nos proporciona, como não amar e querer uma plantação de Babosa em casa, não é mesmo?! E só por essa lista, já podemos entender que ela atua nos cabelos não apenas na hidratação dos fios, mas também nos cuidados com o couro cabeludo. Quer um spoiler? Ela fortifica e é incrível nas rotinas contra a queda de cabelo (inclusive, falamos mais sobre queda de cabelo nesse post, dá uma conferida depois que você terminar esse artigo com as dicas da Babosa)!


A história da Babosa - Curiosidades

Com certeza, a maioria das pessoas já conheciam a babosa desde a época em que as avós a utilizavam para cuidar da beleza (e mais uma porção de coisas), certo? Mas a relação das mulheres com essa planta data de muito antes das nossas gerações.

Estima-se que essa planta, originária da África, seja utilizada para fins medicinais e de beleza há mais de 5 mil anos! Há indícios de que ela já era utilizada como curativo pelos soldados de Alexandre, O Grande. Marco Polo também teria registrado que ela era uma planta muito utilizada contra (pasme!) dor de barriga, pela corte chinesa.

A história também sugere que Cleópatra já utilizava a Babosa em sua pele para manter o viço e a hidratação. No antigo Egito, ela era considerada a “planta da imortalidade”. Não existem registros de quando a Babosa se popularizou e chegou ao nosso país, mas uma coisa é certa: que bom que podemos contar com muitas “baboseiras” aqui em nosso solo.

Receita Caseira - Babosa no Cabelo 

Como utilizar a babosa nos cabelos, em casa?

Existem diversas maneiras de utilizar o gel da babosa na rotina capilar. Você pode misturá-la a outros componentes para potencializar a hidratação, utilizá-la pura sobre o couro cabeludo (com enxágue) e até mesmo como potencializador para seu pré-poo (saiba mais sobre pré-poo clicando aqui)! Quer saber como? Olha como é fácil:

Misture tudo até que fique bem homogêneo e aplique nos fios secos, antes de lavá-los, mecha a mecha. Pause por, pelo menos, 40 minutos e depois é só lavar seu cabelo normalmente. Se preferir, utilize uma touca plástica durante a pausa (ou uma sacolinha… Quem nunca?). Essa receita ajuda a equilibrar a oleosidade dos fios e garante bastante hidratação!


Babosa e Óleo de Coco: funciona sim!

A babosa aliada ao óleo de coco numa misturinha para os fios vai potencializar a hidratação do seu cabelo. Isso porque o óleo de coco é um ótimo ingrediente para ajudar a manter a hidratação por mais tempo na estrutura capilar. Além disso, o óleo de coco ajuda no alinhamento dos fios e na redução do frizz. Demais, né?

Clique aqui para saber mais sobre o óleo de coco!

Como tirar o Gel da Babosa para usar no cabelo 

Como retirar o gel da babosa corretamente?


Para extrair o gel da babosa não tem muito segredo, mas tem dois pontos de atenção que são cruciais: o cuidado ao retirar as laterais e espinhos da folha e, também, ao colher o gel sem chegar até a “casca” da folha, já que são nessas duas partes que a concentração de aloína é maior (para entender mais sobre aloína, clique aqui). Sendo assim, faça o corte dos espinhos primeiro retirando as laterais de cima a baixo. Depois, corte a folha ao meio, de forma longitudinal.Com ela partida, basta raspar o gel com uma colher e armazená-lo em um recipiente bem limpo e esterilizado, de preferência de vidro.   

O gel recém retirado pode ser guardado por até 3 dias na geladeira ou, se quiser prolongar a durabilidade, pode fazer como já ensinamos por aqui em um outro post e guardá-lo no freezer, em forminhas de gelo. O melhor de tudo ao fazer os gelos de babosa é que dá para ir usando aos poucos sem ter que descongelar todo o conteúdo de uma vez.


Apenas a Babosa pura tem efeito nos cabelos?

Vimos que a Babosa é uma planta bem popular e versátil, fácil de ser encontrada e armazenada. Mas será que para obter os benefícios dela eu tenho que utilizá-la in natura sempre? A resposta é simples: não precisa ser apenas desta forma.    Hoje em dia, os produtos capilares com Babosa já são desenvolvidos de maneira a aproveitar tudo o que ela tem a oferecer de maneira otimizada e prática. Além de tudo, ainda podemos contar com maior segurança, já que a famosa "toxicidade" da planta passa bem longe das produções!  

Prova disso, são as linhas da Left Cosméticos Essenciale Babosa Pura (com Pró Vitamina B5 - saiba mais sobre o ativo aqui) e Blueberry e Aloe Vera da Fruit Therapy, especialmente desenvolvidas com o que há de mais eficiente na Babosa, para tratar profundamente e descomplicar a rotina capilar.  


A babosa é boa para queda de cabelo?

Vamos falar sobre o “spoiler” que demos ali em cima e, claro, sobre uma das maiores curiosidades de quem busca conhecer mais essa planta. Como já citado, a babosa é boa para a hidratação dos tecidos em geral, logo, é ótima não apenas para os fios, mas também para o couro cabeludo. Quando aplicada diretamente nessa região, a babosa combate a caspa, a seborreia, equilibra a oleosidade e desobstrui folículos, ativando a circulação e beneficiando o crescimento saudável do cabelo. É um excelente tônico natural, como podemos ver.  

Para obter os benefícios da babosa no combate à queda de cabelo, basta fazer a aplicação do gel, pelo menos, duas vezes na semana. Aplique-a pura na região já limpa e deixe agir por 20 minutos. Depois, basta enxaguar com água abundante até sentir que todos os resíduos foram retirados. Finalize os cabelos como de costume e, para manter a saúde do couro cabeludo, dos fios e o equilíbrio da oleosidade, sempre evite aplicar cremes (hidratantes, condicionadores e finalizadores) na região. Cremes, sempre no comprimento e pontas, ok?   

Se quiser saber mais sobre como combater a queda capilar e manter uma rotina de fortalecimento dos fios, confira nosso artigo “Papo Reto sobre Crescimento Capilar”. Lá tem muitas dicas e uma conversa bem “pé no chão” sobre como fazer ou o que esperar sobre crescimento dos cabelos.  

Acha que já falamos absolutamente tudo sobre a Babosa? Pois saiba que há muito mais para conhecer! Por exemplo, você sabia que dá para usar os gelinhos de aloe no rosto? Clique aqui e saiba como e porquê você deve inserir essa maravilha em sua rotina de beleza hoje mesmo!


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados